fbpx

Fernanda Serrano assume que divórcio de Pedro Miguel Ramos “foi mesmo uma conquista”

0 0
Read Time:1 Minute, 23 Second

Na próxima semana, Fernanda Serrano lança uma autobiografia surpreendente. No livro “Não Há Vidas Perfeitas”, a atriz garante contar a sua história “sem filtros”. Ou seja, um dia antes de completar 50 anos, a atriz revela pormenores da infância, carreira e vida pessoal. E é nesta obra que Fernanda Serrano assume que divórcio de Pedro Miguel Ramos “foi mesmo uma conquista”.

Em primeiro lugar, a atriz revela como conheceu Pedro Miguel Ramos e descreve alguns momentos decisivos que culminaram no divórcio. Entretanto, na sequência, Fernanda fala sobre como se sentiu com a decisão. Sendo assim, a atriz confessa que não foram conversas fáceis, já que o ex-marido, na altura, não se queria separar.

“Quando a decisão é unilateral, como era o caso, há sempre um lado que, evidentemente, não acolhe bem a decisão.” Contudo, Fernanda destaca: “Já não era uma relação feliz, um casamento feliz. Eu já não estava feliz.”

Além disso, a atriz relata como foi a conversa com os filhos. De recordar que Fernanda e Pedro Miguel Ramos são pais de quatro filhos: Santiago, de 18 anos, Laura, de 15, Maria Luísa , de 14, e Caetana, de oito. “Sei que nos sentámos com os três miúdos mais velhos, porque a mais nova só tinha dois anos, e explicámos-lhes. Foi uma conversa rápida, dificílima.”

Então, Fernanda Serrano assume que divórcio de Pedro Miguel Ramos “foi mesmo uma conquista”. Ou seja, em determinado momento, a atriz desabafa. “Até que aos 45 anos consegui divorciar-me. E digo consegui porque, para mim, o meu divórcio foi mesmo uma conquista.”

This article was originally published in holofote.pt

Happy
Happy
33 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
33 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
33 %
Previous post A nova tendência: Upcycling
Next post Rita Pereira brilha em gala de prémios brasileira